JM Beauty Salon - шаблон joomla Создание сайтов

Clamor por missões transculturais

Ainda há povos que, até onde sabemos, não têm seguidores de Cristo entre eles, nem mesmo um livro da Bíblia em sua língua e, ninguém para levar o Evangelho para eles...

A Bíblia diz que “todo povo, tribo, língua e nação” adorarão diante do trono, por isso é importante que oremos pelos não alcançados. (Apocalipse 7:9-10)

A SEMIB-Secretaria de Missões Betesda e os Gideões de oração de nossa Igreja entram em unidade nessa tão grande obra de interseção por missões transculturais e você que quer ser nosso parceiro encontrará a cada segunda-feira um novo país e/ou motivo de oração em nossa página (SEMIB), neste site, e na nossa torre de oração.

Aqui temos uma lista de sete desses grupos para orarmos:

Afeganistão – “Tregami” – o foco aqui é em seus sete grupos que ainda vivem nas montanhas ao noroeste da província de Nuristan. A comunicação é difícil, as estradas quase inutilizáveis e eles não confiam em estranhos.

Indonésia – “Kuwbewaha” – um grupo isolado, pouco conhecido da costa do Sulawesi do Sul. É um grupo difícil para os cristãos alcançarem.

Irã – “Khalaj”- vivendo no centro do Irã sem acesso a impressos evangelísticos, áudio ou recursos humanos.

Paquistão – “Waneci” – o temor constante de guerra os levou a odiar e temer estrangeiros, dificultando o alcance.

Rússia – “Karata” – suas lealdades são ao clã e à família e vivem numa região de território acidentado no Dagestão.

Somália – “Dabarre” – em sua maioria são fazendeiros. Muitos falam árabe como segundo idioma ou idioma comercial. A família é regida pelo homem. A vila é regida por um conselho de anciãos vindos de cada família. As decisões e os negócios com outras vilas são conduzidas pelo conselho.

Sudão do Sul – “Midob” – arabizados e nômades, viajando de local a local em busca de bons pastos para seu gado.

O trabalho

Pesquisas indicam que uma grande porcentagem da população do mundo muçulmano são comunicadores orais – ou seja, eles não podem, não aprendem ou não estão dispostos a aprender através de métodos letrados. Ministérios que tem trabalhado nessa área nos pedem que oremos por recursos para que os sete grupos acima possam ter em breve, seguidores de Cristo, uma Bíblia – no mínimo na forma oral – e pessoas para levar o Evangelho para eles. Oremos com nossos olhos voltados para Deus e não nas aparentes dificuldades da tarefa que está à nossa frente.

(1) Informação proveniente de bancos de dados que procuram manter a comunidade cristã informada.

AV. JOAQUIM RODRIGUES DA ROCHA, 300 - CRISTINA C - SANTA LUZIA / MG - TEL: (31) 3637-4912 / 8751-2389 OI / 8315-4059 Claro
Copyright © 2013 - Crie seu Site: Wdesignweb - Tel: (31) 8611-4961